Panorâmica São José dos Campos FaceBook do POrtal São José Twitter do Portal São José
Home | Cadastre sua Empresa | Acessos | Fotos da Região | Créditos                               Terça, 27 de Junho de 2017
Acesso à página principal
Logotipo Portal São José

Links Úteis

Cinema
Cinemark
Kinoplex


Condições das estradas
Consulte seu CPF
Horário de todo
o mundo

Legislação Federal e Estadual
Mapa de SJC
Trânsito em São Paulo
Clima


Criação e
Desenvolvimento



Tel. 12 3923.4600
Av. Dr. Mário
Galvão, 78
Centro - SJC/SP
12209-004
BUSCA DE EMPRESAS NO PORTAL >>  
Acesse também: Jacareí
BUSCA DE CONTEÚDO DO PORTAL >>  
O conteúdo publicado não expressa necessariamente a opinião do Portal e é de total responsabilidade do autor.

Outono, época de bronquite viral aguda. Saiba o que é e como tratar.


04/05/2017 ( Caderno: Seção Saúde )

Por Dr. Carlo Crivellaro, Pediatra com Título de Especialista em Pediatria pela Sociedade Brasileira de Pediatria; Membro da Sociedade Brasileira de Pediatria; e Membro da Highway to Health International Healthcare Community

Bronquiolite é uma inflamação dos bronquíolos, que são a parte final da “tubulação” do pulmão, que leva o ar até nossos alvéolos, onde ocorre a respiração. Essa inflamação provoca um edema das vias aéreas e um aumento da secreção no seu interior, dificultando a respiração.

Ocorre principalmente em crianças abaixo de 2 anos (predominando entre 6 e 12 meses), que têm as vias aéreas mais estreitas. É muito comum no outono, quando vemos os hospitais cheios de crianças com problemas respiratórios. A maioria dos casos é leve, e se trata em casa. Porém, pode ser potencialmente grave.

A bronquiolite pode ser causada por diversos tipos diferentes de vírus.

Esse vírus é espalhado através da tosse ou espirros por pessoas infectadas, em secreções ou saliva. São vírus comuns que, em adultos e crianças maiores, causam um resfriado, mas, nos bebês, pode causar a bronquiolite. Um dos vírus mais frequente e perigoso é o vírus sincicial respiratório (VSR), responsável por 50 a 80% dos casos.

O quadro clínico inicial é o mesmo de um resfriado comum: coriza, um pouco de tosse, espirros, e pode ou não ter febre. Com o tempo, a tosse vai piorando e a respiração vai ficando mais rápida e mais difícil. A criança parece estar sempre “cansada”. Pode ser ouvido um chiado, dito popularmente que parece “um gatinho” no pulmão. Pode-se notar as abas do nariz abrindo e fechando com o esforço para respirar. Nota-se também um afundamento acima do osso esterno e entre as costelas, decorrente também do esforço respiratório, e o uso de musculatura acessória e abdominal para ajudar na respiração. Em casos piores, a criança pode ficar com os lábios e unhas roxas.

Nos casos leves, a doença pode durar poucos dias. Em outros casos, pode ocorrer piora progressiva, com pico entre o 5º e 7º dias da doença, quando só então começa a melhorar. A tosse e o chiado podem persistir por até 3 a 4 semanas, no total.

A bronquiolite pode ser especialmente grave em crianças com doenças crônicas, como cardiopatias ou doenças pulmonares, prematuros e imunodeficientes. Entre as complicações que podem ocorrer nos casos mais graves podemos citar desidratação (pela perda de líquidos e baixa ingestão), pneumonias, atelectasias (obstrução dos brônquios por
secreções) e oxigenação deficiente do sangue, levando a uma insuficiência respiratória.

O diagnóstico é clínico. Exames subsidiários como raio X e hemograma, em geral, servem apenas para afastar complicações. Pode ser feita pesquisa para alguns dos vírus causadores nas secreções do paciente.
Outros exames raramente são necessários.
O tratamento é feito principalmente com inalações com soro fisiológico, apenas para umidificar as vias aéreas e fluidificar as secreções. Outras medicações, tanto via oral como inalatórias, não têm efeito comprovado ou ajudam pouco na bronquiolite, e não são usadas rotineiramente. A criança deve ficar em repouso e sentada em um ângulo de 30-40º, deixando o pescoço levemente estendido para facilitar a respiração. Deve ser mantida muito bem hidratada, para ajudar também na fluidificação e eliminação das secreções. Pode ser indicada fisioterapia respiratória em alguns casos. Antibióticos não têm efeito contra o vírus. Só são usados em caso de complicações bacterianas secundárias. Em caso de insuficiência respiratória, a criança deve ser hospitalizada e oferecido oxigênio.
Como outras doenças virais de alta transmissibilidade, a melhor prevenção é evitar o contato das crianças pequenas com indivíduos com sintomas gripais. Na medida do possível, deve evitar também ambientes fechados com aglomerados de pessoas, áreas muito poluídas e fumaça de cigarro, que é um grande irritante das vias aéreas. A lavagem das mãos é primordial. Não há vacina específica contra a bronquiolite; existe uma vacina contra o VSR, mas suas indicações são bem restritas. A criança pode ter bronquiolite mais de uma vez, já que pode ser causada por mais de um tipo de vírus. Fique atento aos sintomas!


Fonte: Assessora de Imprensa: Flávia Vargas Ghiurghi


  Seção Saúde

Cresce número de atendimento pelo Samu em São José
Goma do cajueiro pode se tornar arma no tratamento do refluxo gastroesofágico
62 pessoas aderem à campanha de doação de córneas em 13 dias em São José dos Campos

E-MAILS DO PORTAL SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
Contato/Cartas: cidade@saojosedoscampos.com.br
Anúncios/Cadastros: cadastro@saojosedoscampos.com.br
Editorial: imprensa@saojosedoscampos.com.br
Criação/Arte: amorim@saojosedoscampos.com.br

Av. Dr. Mário Galvão, 78 - Centro
SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - SP
Telefax: (12) 3923.4600



 + Promoções
Imagem Publicidade também é a alma do negócio nas redes sociais!
 + Classificados
Alugo apartamento cobertura em Campos do Jordão
Imagem Vendo casa bem aconchegante no Bosque dos Eucalíptos - Suite com hidro!

+ História
Imagem Dr. Maurício Anisse Cury, pioneiro em Medicina do trabalho
Qual a relação de Dom Pedro II com São José dos Campos?
+ Educação
Alunos do ITA promovem campanha de crowdfunding para cursinhos assistencialistas
+ Empresarial
Imagem Leveza, Inovação, confecção, calçados e acessórios. INSPIRAMAIS é o principal evento do gênero na América Latina
+ Esporte
Imagem Vôlei de Praia: 2º Festival de Campos do Jordão será atração em julho
+ Matérias
Protótipo do avião Bandeirante está na fase final de recuperação no DCTA
+ Seção Saúde
Imagem Goma do cajueiro pode se tornar arma no tratamento do refluxo gastroesofágico
Cresce número de atendimento pelo Samu em São José
+ Turismo Diferente
5 destinos que todo aventureiro merece conhecer



 
Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2005 - Todos os direitos reservados