Panorâmica São José dos Campos FaceBook do POrtal São José Twitter do Portal São José
Home | Cadastre sua Empresa | Acessos | Fotos da Região | Créditos                               Segunda, 24 de Abril de 2017
Acesso à página principal
Logotipo Portal São José AMIGOS DA REGIÃO 2016



  • Envie uma mensagem para Marcia Pavarini...
  • Outras matérias já publicadas...


    SKYWALK - Caminhando nas nuvens - Grand Canyon West

    Por Márcia Pavarini - Texto e fotos

    A sensação de caminhar sobre o vão do penhasco é indescritível. Localizada no Eagle Point (Ponto da Águia) do Grand Canyon West, nos Estados Unidos (Arizona), a SKYWALK é uma incrível obra de engenharia, capaz de provocar arrepios em quem a visita. Trata-se de uma passarela de vidro em forma de ferradura, que se projeta sobre o vazio do penhasco, proporcionando uma visão tão extraordinária quanto grandiosa.

    Quem fica de pé sobre a SKYWALK e, de repente, se atreve a olhar para baixo através do chão de vidro, o que vê é um imenso vazio que despenca até o fundo do Cânion, a 1800 metros de profundidade. Lá em baixo, ladeado pelos massivos paredões coloridos e escarpados do cânion, corre o Rio Colorado.

    Combinações únicas de cores geológicas e erosões, decoram o espetacular desfiladeiro, que tem 446 quilômetros de comprimento, 29 quilômetros de largura e 1.8 quilômetros de profundidade.

    Para quem teme altura, o frio na barriga é inevitável, mas pode caminhar tranquilo, a estrutura é absolutamente segura, ela foi projetada para suportar o equivalente a 71 “Boings” 747 ou um terremoto de magnitude 8.0 na escala Richter.

    Por 2 bilhões de anos de história geológica da Terra, o Rio Colorado e seus afluentes cortaram seus paredões através de camadas, formando os canais, enquanto o planalto de Colorado era erguido.

    O Rio Colorado, finalmente, estabeleceu seu curso pela região há cerca de 5 ou 6 milhões de anos. Desde essa época, ele tem alargado e aprofundado o desfiladeiro.

    O Grand Canyon é dividido em três margens: South Rim e North Rim, que ficam dentro do Grand Canyon National Park e West Rim, localizada dentro de uma reserva indígena e onde fica a Skywalk.

    O Grand Canyon West é o berço da nação indígena dos HUALAPAI.

    A parte Oeste (Grand Canyon West, ou West Rim) fica bem próxima a Vegas, cerca de 195 km, de onde saem tours,  com a opção perfeita para um bate e volta.

    O segundo “pit stop” é no Guano Point, outro ponto de observação, com uma vista pitoresca do Grand Canyon, e de onde se vê, por outro ângulo, o Rio Colorado no fundo do penhasco. Uma trilha que sai dali, leva até o pico mais alto do rochedo, de onde se tem uma visão de 360º. Ali, além de desfrutar da magnífica paisagem, é possível ver as águias sobrevoando o cânion, com voos rasantes.


    No Guano Point há um rancho, onde o visitante pode, não só se proteger do sol e calor escaldantes (durante o verão), como saborear uma refeição, tendo como fundo a belíssima paisagem dos cânions. Fazer a refeição olhando para essa maravilha da natureza é uma experiência única.


    DICAS

    INFORMAÇÕES ÚTEIS

    • O acesso para visitação das atrações, só é permitido com o ônibus oficial do Parque, que sai da sede, onde se compram os ingressos, e onde fica o estacionamento dos carros dos visitantes (O bilhete inclui o transporte);
    • Os ônibus fazem um circuito pelo Parque, e vão parando nos vários pontos de interesse, que são: “Eagle Point” (onde fica a passarela de vidro Skywalk); o “Guano Point” (outro ponto para apreciar os cânions e onde fica o restaurante com uma vista panorâmica dos cânions.); Hualapai Ranch, (com performance de cantos e danças dos índios Hualapai). Tem, também, o passeio de helicóptero, que sobrevoa toda região e rafting no Rio Colorado. A refeição é opcional, e o valor é adicionado no ingresso, ou pode ser pago no próprio restaurante;
    • O cuidado deve ser redobrado ao fazer as fotos, não há qualquer proteção na beirada do cânion;
    • Durante a caminhada pela passarela de vidro (a Skywalk), não se pode levar absolutamente nada, nem bolsas, mochilas, câmeras ou celulares. Na sala que antecede a passarela, ficam os cofres, onde tudo o que você carrega deve ser guardado. Mas não se preocupe por deixar a câmera ou o celular, os fotógrafos oficiais do Parque ficam por todo trajeto da passarela, e estarão a postos para eternizar o seu momento, cujas fotos você poderá comprar por $20 ou $25  dólares. O CD com todas as fotos sai bem mais caro, por volta de $90 dólares.

    BOA VIAGEM!
     


    Fonte: Márcia Pavarini



  • Nova Zelândia - Belezas que habitam o imaginário

    Ao longo de vários anos Márcia Pavarini percorreu o mundo viajando por todos os continentes e até aos Pólos. Foi anotando suas aventuras em diários que, hoje, perfazem aproximadamente 5.000 páginas. Ela esteve, até agora, em 220 países, de acordo com o critério de contagem da Travelers Century Club TCC. Na Coluna “Diário das 1001 Viagens” Márcia Pavarini divide com os internautas, do Portal, as experiências vivenciadas durante suas andanças.

    + História
    Qual a relação de Dom Pedro II com São José dos Campos?
    + Agenda
    Campos do Jordão recebe mostra do Memorial da Inclusão com homenagem a 12 pessoas com deficiência de destaque na história
    + Educação
    Um em cada dez estudantes no Brasil é vítima frequente de bullying
    + Esporte
    Imagem Inscrições para torneio federado IX Aberto Daher Tennis acontecem até o dia 25 em São José dos Campos
    + Matérias
    Imagem São José dos Campos ganha duas faculdades de medicina
    + Seção Saúde
    Imagem Realidade Virtual, videogames e robôs viram ferramentas para reabilitação física
    + Turismo Diferente
    5 destinos que todo aventureiro merece conhecer

     + Promoções
     + Classificados
    Alugo apartamento cobertura em Campos do Jordão
    Imagem Vendo casa bem aconchegante no Bosque dos Eucalíptos - Suite com hidro!

     
    Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2005 - Todos os direitos reservados