Abertas Oficinas Culturais gratuitas para as atividades do segundo semestre em São José dos Campos

A Secretaria de da Cultura do Estado de SP abre em 8 de agosto as inscrições para as atividades do segundo semestre que acontecerão nas sedes das 21 Oficinas Culturais do Estado de São Paulo. As aulas começam em agosto e vão até dezembro.

Programação de Agosto-Dezembro de 2011
São José dos Campos
Oficina Cultural Altino Bondesan

ARTES PLÁSTICAS

OFICINA DE XILOGRAVURA
Coordenação: Luiz Chalita.
1/9 a 17/11 - quintas-feiras - 18h30 às 21h30.
Público: interessados com conhecimento em Artes Plásticas, a partir de 15 anos.
Inscrições: 8 a 27/8.
Seleção: questionário.
15 vagas.

A oficina visa a contextualizar a xilogravura ao longo da História e promover as aproximações com os meios de reprodutibilidade imagética contemporânea, estimulando os participantes a explorar suas possibilidades na construção de uma poética própria.

Luiz Chalita é bacharel em Desenho Industrial, formado pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo e pós-graduado pela ECA-USP. Participou de exposições de gravura em países como Cuba, Japão e Polônia.

Ciclo de Estudos "O SAGRADO NA ARTE"
Coordenação: Douglas Barzon.
15/10 a 10/12 - sábados - 14h30 às 17h30.
Público: interessados em geral, com ou sem contato anterior com Artes Plásticas, a partir de 14 anos.
Inscrições: 8/8 a 14/10.
Seleção: ordem de inscrição (primeiros inscritos).
20 vagas.

O ciclo fornece elementos para a percepção das diferenças entre arte sacra, arte religiosa e arte visual com temática religiosa, tendo como pano de fundo o processo histórico do mundo ocidental e a evolução da Arte, das antigas civilizações até a globalização contemporânea.

Douglas Barzon desenvolve trabalhos em desenho, pintura, gravura em metal e linguagens contemporâneas; atua no mercado editorial como design gráfico e ilustrador. Ministra aulas de História da Arte e Desenho Artístico.

AUDIOVISUAL

NÚCLEO DE PESQUISA, PRÁTICA E APOIO EM AÇÕES AUDIOVISUAIS - Produção de roteiro
Coordenação: Auira Ariak.
26/8 a 14/10 - sextas-feiras - 18h30 às 21h30.
Público: realizadores amadores ou profissionais de audiovisual, a partir de 18 anos.
Inscrições: 8 a 20/8.
Seleção: questionário.
20 vagas.

Este núcleo de pesquisa terá foco na produção técnica de roteiros para curtas-metragens - a partir de temas que dialoguem com a Declaração dos Direitos Humanos - e na realização de um dos roteiros desenvolvidos.

Auira Ariak é cinegrafista e diretora, formada em Cinema e Vídeo, com mestrado em Ciência da Arte, pela Universidade Federal Fluminense. É coordenadora pedagógica do projeto Nas Asas do Cinema.

OFICINA "CINEMA INDEPENDENTE PROFISSIONAL EM PRÁTICA"
Coordenação: Vivi Amaral.
21/10 a 9/12 - sextas-feiras - 18h30 às 21h30.
Público: estudantes de audiovisual, produtores amadores e interessados com noções básicas de produção cinematográfica, a partir de 16 anos.
Inscrições: 8/8 a 17/10.
Seleção: questionário.
20 vagas.

Esta oficina é direcionada aos interessados em fazer um cinema que, mesmo independente, tenha qualidade profissional. Métodos e técnicas de produção profissional serão aplicados no planejamento, preparação, filmagem e finalização dos curtas-metragens que serão realizados.

Vivi Amaral é produtora, editora e finalizadora, formada em Rádio e TV pela Faculdade Rio Branco e em Computação Gráfica 3D pelo Senac. Criadora e organizadora do Cinefantasy - Festival Internacional de Cinema Fantástico.

AUDIOVISUAL / TEATRO

WORKSHOP "POÉTICAS DO ATOR NO AUDIOVISUAL BRASILEIRO CONTEMPORÂNEO - LABORATÓRIO DE CRIAÇÃO"
Coordenação: Walmeri Ribeiro.
17 e 18/9 - sábado e domingo - 9h às 13h e 14h às 18h.
Público: interessados em dança, teatro e linguagem audiovisual e digital, a partir de 18 anos.
Inscrições: 8/8 a 13/9.
Seleção: questionário.
20 vagas.

Esta atividade prática abordará o papel do ator na criação audiovisual contemporânea, as bases de preparação do ator, a criação colaborativa e a estética da espontaneidade, por meio de um laboratório de criação.

Walmeri Ribeiro é graduada em Rádio e TV pela Unesp, mestre em Artes pela Unicamp e doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC. Atualmente, é docente pela Universidade Federal do Ceará.

FOTOGRAFIA

OFICINA DE FOTOGRAFIA DIGITAL
Coordenação: Piu Dip.
22/8 a 17/10 - segundas-feiras - 18h às 22h.
Público: fotógrafos em processo de formação e interessados que atuem na área audiovisual, a partir de 18 anos.
Inscrições: 8 a 18/8.
Seleção: questionário.
20 vagas.

A oficina propõe o aprofundamento dos conhecimentos em fotografia digital com atividades teóricas e práticas: técnicas para o registro de imagens, saídas fotográficas, seleção e pós-produção das imagens em programas de edição, organização, armazenamento e exposição do material produzido.

Piu Dip é fotógrafo há 30 anos, com foco em publicidade, jornalismo, natureza, shows e espetáculos, tendo atuado como freelancer em publicações como O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo e Veja. Foi diretor do Departamento de Áudio da STV - Rede Sesc e Senac de Televisão.

GESTÃO CULTURAL

WORKSHOP "ECONOMIA CRIATIVA E CIDADES CRIATIVAS"
Coordenação: Ana Carla Fonseca.
24/8 - quarta-feira - 10h às 13h e 14h às 17h.
Público: gestores, produtores culturais e artistas.
Inscrições: 8 a 20/8.
Seleção: ordem de inscrição (primeiros inscritos).
40 vagas.

Esta atividade se propõe a: promover o entendimento do significado de economia criativa e cidades criativas, capacitando os participantes a dialogar com instituições públicas e privadas; provocar uma reflexão acerca de como essas duas abordagens podem contribuir para o desenvolvimento cultural, social e econômico de cada cidade e polo cultural; motivar o desenvolvimento de uma política local articulada. Os participantes farão uma lição de casa que será objeto de análise numa segunda fase.

Ana Carla Fonseca é administradora pública pela Fundação Getulio Vargas de São Paulo; economista, mestre em Administração e doutora em Urbanismo pela USP e assessora em Economia Criativa para a ONU (UNCTAD e PNUD).

PALESTRA "ECONOMIA CRIATIVA E CIDADES CRIATIVAS"
Palestrante: Ana Carla Fonseca.
24/8 - quarta-feira - 18h30 às 20h.
Público: gestores, produtores culturais, artistas e interessados no tema.
Inscrições: 8 a 24/8.
Seleção: ordem de inscrição (primeiros inscritos).
50 vagas.

A palestra abordará os seguintes temas: conceito e importância de indústria criativa e economia criativa; cultura, economia e desenvolvimento como eixos entrelaçados; princípios básicos de governança, parceria e empreendedorismo; cidades criativas; estatísticas e casos nacionais e internacionais.

OFICINA DE GESTÃO CULTURAL: FORMATAÇÃO DE PROJETOS
Coordenação: Paulo Azevedo.
24/8 a 30/11 - quartas-feiras - 18h às 22h.
Público: produtores, agentes e dirigentes culturais, educadores e artistas interessados na área, a partir de 16 anos.
Inscrições: 8 a 20/8.
Seleção: questionário.
20 vagas.

Esta atividade, voltada ao município e região, pretende capacitar os participantes nas questões relativas à formatação de projetos para a área da Cultura e dos espetáculos, bem como fornecer informações sobre leis de incentivo e editais de órgãos governamentais e instituições públicas e privadas das esferas estadual, federal e internacional.

Paulo de Azevedo é produtor teatral e sociólogo, formado pela FPA - Faculdade Paulista de Arte e pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Cursou Gestão Cultural em Florença e atuou como consultor para diversos programas culturais na Itália e no estado de São Paulo.

OFICINA DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL: CONCEPÇÃO, PLANEJAMENTO E FORMATAÇÃO DE PROJETOS
Coordenação: Horizontes / CADE - Centro de Apoio ao Desenvolvimento e ao Empreendedorismo.
10 e 11/11 - quinta e sexta-feira - 9h às 12h e 13h às 18h.
Público: gestores e produtores culturais.
Inscrições: 3/10 a 5/11.
Seleção: ordem de inscrição (primeiros inscritos).
30 vagas.

Esta oficina de capacitação na área do empreendedorismo cultural tem como objetivos: apresentar informações atualizadas acerca do mercado cultural; orientar a elaboração e a redação de projetos culturais; identificar as possibilidades de financiamento para projetos na área da Cultura; fornecer subsídios para que os participantes possam atuar como gestores e produtores de cultura dentro do conceito de economia criativa. Após o final da oficina, os participantes continuarão acompanhados pelos técnicos do CADE por meio das redes sociais, Skype, e-mail ou telefone.

Horizontes é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), cuja missão é promover a sustentabilidade, a cidadania, a inclusão social e a geração de trabalho e renda por meio da educação. O CADE, um dos programas da Horizontes, tem suas bases voltadas para a difusão do conhecimento e capacitação técnica na área de elaboração de projetos culturais e empreendedorismo na economia criativa.

LITERATURA / CULTURA TRADICIONAL

WORKSHOP DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS "PRÁTICAS DA NARRAÇÃO"
Coordenação: Kika Antunes.
24 a 25/9 - sábado e domingo - 10h às 13h e 14h às 17h.
Público: educadores, bibliotecários e atores, já iniciados em contação, a partir de 16 anos.
Inscrições: 8/8 a 20/9.
Seleção: questionário.
20 vagas.

A atividade propõe o aprofundamento da prática de contação de histórias, por meio da criação de textos, do uso de objetos como elemento narrativo e da exploração da potencialidade do próprio contador.

Kika Antunes é atriz, formada pelo Teatro Escola Célia Helena, e fundadora do grupo As Meninas do Conto, que desenvolve pesquisas na arte de contar histórias e em teatro infantil. Entre seus prêmios, estão o APCA e o FEMSA/Coca-Cola de Teatro Infantil; atua na área de educação para crianças desde 1987.

TEATRO

Workshop de Teatro e Improvisação: "PLAYBACK THEATRE"
Coordenação: Deda Zeppini.
8 a 9/10 - sábado e domingo - 10h às 13h e 14h às 17h.
Público: atores, contadores de histórias e educadores que tenham interesse na área, a partir de 15 anos.
Inscrições: 8/8 a 3/10.
Seleção: questionário.
20 vagas.

Esta atividade apresentará a técnica de improviso conhecida como "playback theatre", que consiste em encenar experiências de vida imediatamente após estas serem contadas, sem combinação entre os atores.

Deda Zeppini é atriz e diretora do Grupo Nhemaria. Há oito anos, dedica-se à pesquisa do "playback theatre". É formada pela Escola Ewerton de Castro e pelo Teatro Escola Macunaíma.

ATIVIDADES EXTERNAS

CULTURA DIGITAL

WORKSHOP DE ARTEMÍDIA "ARTE E MEDIAÇÃO TÉCNICA: PROGRAMANDO EXPERIÊNCIAS SENSÍVEIS"
Coordenação: Cesar Baio.
17 a 18/9 - sábado e domingo - 10h às 13h e 14h às 17h.
Público: artistas, educadores, profissionais e interessados em programação de sons e imagens interativas, a partir de 18 anos, que possuam notebook para uso em aula.
Inscrições: 8/8 a 13/9.
Seleção: currículo.
15 vagas.
Local: Câmara Municipal de São José dos Campos - Rua Desembargador Francisco Murilo Pinto, 33.

Este workshop busca mostrar como movimentos corporais, sons e deslocamentos no espaço físico podem ser utilizados para controlar interações com imagens e sons em espetáculos cênicos, instalações, performances e intervenções, com o objetivo de oferecer um instrumental básico para que artistas e interessados sem conhecimento técnico possam dar início aos próprios projetos.

Cesar Baio é artista multimídia, pesquisador e professor de disciplinas ligadas às tecnologias de informação. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC, seu trabalho está voltado para as intersecções entre arte, tecnologia e audiovisual.

CICLO DE PALESTRAS "QUINTAS DA GESTÃO CULTURAL"
Coordenação: Maria Alice Gouveia.
29/9, 27/10 e 24/11 - quintas-feiras - 19h30 às 21h30.
Público: gestores culturais públicos e privados, produtores e realizadores culturais.
Inscrições: até o dia de cada palestra.
Seleção: ordem de inscrição (primeiros inscritos).
30 vagas por palestra.
Local: Câmara Municipal de São José dos Campos - Rua Desembargador Francisco Murilo Pinto, 33.

Palestras com especialistas da área cultural, mediadas por Maria Alice Gouveia, sempre na última quinta-feira dos meses de setembro, outubro e novembro. As discussões serão sobre os seguintes temas: características globais e específicas da produção cultural no país; a institucionalização do fazer cultural; o papel do gestor na sociedade; o desafio da sustentabilidade dos projetos culturais inseridos no contexto atual, permeado pelas novas tecnologias.

Maria Alice Gouveia é mestre em Artes Plásticas pela Unesp e uma das fundadoras do grupo de teatro TUSP. Foi coordenadora do curso de pós-graduação em Administração da Cultura da FGV, diretora da Divisão de Pesquisas do Centro Cultural São Paulo e coordenadora da CAAPC da Lei Mendonça.

OFICINA DE GESTÃO DE PROJETOS CÊNICOS
Coordenação: Ana Paula Galvão.
1/10 a 5/11 - sábados - 9h às 13h e 14h às 18h.
Público: produtores culturais e grupos de artes cênicas, a partir de 18 anos.
Inscrições: 8/8 a 26/9.
Seleção: currículo e questionário.
30 vagas.
Local: Câmara Municipal de São José dos Campos - Rua Desembargador Francisco Murilo Pinto, 33.

Esta oficina investiga, por meio da teoria e da prática, as diversas ferramentas de gestão disponíveis para as artes cênicas, mostrando o potencial que esses recursos oferecem para dinamizar e consolidar a organização dos grupos de teatro, circo e dança.

Ana Paula Galvão é graduada em Relações Públicas pela ECA-USP, com especialização em Gestão Cultural e Organização de Eventos. Trabalha com consultoria e planejamento para empreendimentos culturais e coordena o curso de Gestão da SP Escola de Teatro.

WORKSHOP "Museus em processo: um lugar de ideias novas"
Coordenação: Ana Silvia Bloise.
21/11 - segunda-feira - 10h às 13h e 14h às 17h.
Público: gestores de museus e profissionais de instituições afins, como centros culturais, galerias de arte, arquivos e bibliotecas.
Inscrições: 8/8 a 16/11.
Seleção: questionário.
30 vagas.
Local: Câmara Municipal de São José dos Campos - Rua Desembargador Francisco Murilo Pinto, 33.

O workshop tem por objetivo sensibilizar, motivar e conscientizar todos os profissionais de museus sobre a importância do seu trabalho de preservação do patrimônio cultural, sobre o papel e os desafios da instituição na sociedade contemporânea e sobre a consequente necessidade de permanente capacitação e requalificação de suas equipes.

Ana Silvia Bloise é pós-graduada em Museologia pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, com especialização em Gestão de Políticas Públicas de Cultura pela UnB. Implantou as atividades de Museologia nos quatro núcleos regionais do Museu da Energia. É presidente do Conselho Regional de Museologia da 4ª Região.

SERVIÇO
Oficina Cultural Altino Bondesan
Avenida Olivo Gomes, 100 - Santana
São José dos Campos
Telefones: (12) 3923-4860 / 3942-3687
Funcionamento: Segunda a sexta-feira das 9h às 21h30 e sábado das 14h às 18h

As inscrições para as atividades devem ser realizadas diretamente na Oficina Cultural.


www.saojosedoscampos.com.br - © 2005 - todos os direitos reservados