Panorâmica São José dos Campos FaceBook do POrtal São José Twitter do Portal São José
Home | Cadastre sua Empresa | Acessos | Créditos                               Quinta, 20 de Fevereiro de 2020
Acesso à página principal
Logotipo Portal São José



Criação e
Desenvolvimento



Tel. 12 3923.4600
Av. Dr. Mário
Galvão, 78
Centro - SJC/SP
12209-004
BUSCA DE EMPRESAS NO PORTAL >>
Acesse também: Jacareí
O conteúdo publicado não expressa necessariamente a opinião do Portal e é de total responsabilidade do autor.



Asterix e o Segredo da Poção Mágica, nova aventura dos gauleses mais famosos do mundo, chega aos cinemas em 19 de setembro. Assista aqui o trailer

( Caderno: Agenda )

HISTÓRIA ORIGINAL, A ANIMAÇÃO DE LOUIS CLICHY E ALEXANDRE ASTIER FOI VISTA NA FRANÇA POR MAIS DE 4 MILHÕES DE PESSOAS

Saudades da Gália? Divertido e repleto de ação, “Asterix e o Segredo da Poção Mágica” (Astérix - Le Secret de la Potion Magique/Bonfilm) chega aos cinemas brasileiros dia 19 de setembro, depois de passar pelo último Festival Varilux de Cinema Francês. Em versões legendadas e dubladas, com o ator Gregório Duvivier dando voz ao pequeno gaulês, “o Segredo da Poção Mágica” é a segunda animação sobre os personagens dirigida por Louis Clichy e Alexandre Astier – a primeira sendo “Asterix e o Domínio dos Deuses”, lançada em 2014. Sem perder a magia e essência dos personagens e quadrinhos criados por René Goscinny e Albert Uderzo há mais de 60 anos, essa é a primeira vez que os gauleses ganham um roteiro totalmente original.

Na história, ao cair de uma árvore durante a colheita de visco, o velho druida Panoramix decide que é hora de repassar seu manto e garantir o futuro da aldeia. Acompanhado por Asterix e Obelix, ele parte em uma viagem pela Gália em busca de um jovem druida bom e talentoso para transmitir o Segredo da Poção Mágica. A animação arrecadou mais de US$ 37 milhões ao redor do mundo e foi assistida por mais de 4 milhões de pessoas na França.

Com a aventura original, surgem também novos temas e questões contemporâneas nunca antes abordadas nas histórias sobre Asterix e seus amigos, mas que se encaixam no imaginário criado por Goscinny e Uderzo. Para começar, uma questão filosófica: a quem transmitir o saber da poção mágica? Sendo uma receita poderosa, por que não compartilhar com todos seu conhecimento? Panoramix a criou para proteger um pedaço da Gália do domínio de Julio César, mas será que a poção não ajudaria ao restante do mundo? O que torna uns aptos a tomar a poção e outros não? O que aconteceria se esse conhecimento caísse em mãos erradas?   

Atual, o protagonismo feminino também se mostra presente na animação. Quando os homens seguem Panoramix em uma viagem pela Galia, são as mulheres da aldeia que surgem para defende-la dos ataques das tropas romanas. Se, antes, a opção de mulheres beberem a poção nem era sugerida, aqui elas tomam essa decisão a fim de proteger suas casas e suas famílias.

Famosas no mundo inteiro, as aventuras de Asterix e seus companheiros foram publicadas em 37 revistas e traduzidas para mais de 100 línguas. Já foram produzidas nove animações e longas-metragens live action, sendo que o primeiro filme “Asterix e Obélix contra César”, de 1999, foi protagonizado por Christian Clavier e o personagem de Obélix interpretado por Gérard Depardieu.

Feliz com o convite para dublar Asterix, Gregório Duvivier disse que considera Goscinny, autor dos quadrinhos, um gênio: "Asterix é um dos heróis da minha infância, eu li todos os quadrinhos”, conta.

Assista ao trailer:

 

Louis Clichy, codiretor junto a Astier, destaca quais os principais elementos que não podem ficar de fora de uma história original sobre Asterix: “É imperativo encontrar os personagens principais da série. Desta vez, o verdadeiro herói não é o Asterix. Nós mudamos o foco da história para Panoramix e seu antagonista, o druida Sulfurix. Daí temos todos os ingredientes para uma boa história: poção mágica (o principal!) romanos, brigas, César... até mesmo os piratas, que tivemos que cortar no primeiro filme por falta de tempo. Destacamos também o peixeiro e o ferreiro. É um dueto que já gostamos muito em ‘O Domínio dos Deuses’”.

Para Alexandre Astier, codiretor e roteirista do filme, os avanços nas técnicas de animação são um dos trunfos do filme: “É uma aventura que leva nossos heróis a buscar um candidato em toda a Gália. Existe a noção de jornada. Isso aumenta o universo em relação ao primeiro filme. Também acho que a animação está um pouco mais bonita, porque avançamos na questão técnica. (...) Há coisas que a gente aprende e acho que as técnicas de animação deram um pequeno salto em qualidade”.

Além disso, Astier acredita que, por ser um desenho, o filme resgata um pouco do que é ser criança: “É uma brincadeira muito francesa imitar Asterix ao vivo, colocar bigodes, essas coisas. É ótimo, não nego, mas na animação há uma espécie de expressividade. É a forma como sempre sonhei em contar a história do Asterix. A animação e o desenho representam o universo da infância, com toda sua magia e possibilidades”.

“Fiel ao espírito original, o filme a 300 km por hora, brilhante e brincalhão, vai agradar a pequenos e grandes, como um Pixar à moda francesa.”
Le Figaro

 

Sobre os diretores

Louis Clichy
Formado pela famosa Escola de Gobelins, Louis Clichy dirige um filme de fim de curso, “Mange”, que chama a atenção de um pequeno estúdio de animação francês, Cube. Eles o contratam e lhe dão carta branca. O cineasta aprendiz começa a imaginar imagens com a música de Edith Piaf A quoi ça sert l’amour? O clipe atravessa as fronteiras e atrai os olhares dos animadores da Pixar, que o contratam. Ele trabalha em “Wall-E” e logo depois em “Up – Altas Aventuras”, de Pete Docter. Três anos depois, ele sai da Pixar. De volta à França, se divide entre publicidades, clipes e projetos pessoais, até que Pierre Coffin (diretor de “Meu Malvado Favorito”) pede a ele para colaborar em “Asterix e o Domínio dos Deuses”. O duo Alexandre Astier – Louis Clichy se forma. No início, os papéis eram claros: ao primeiro, a história, ao segundo, a direção. Mas as atribuições se confundem e “Asterix e o Domínio dos Deuses” acaba sendo feito a quatro mãos.

Alexandre Astier
A primeira paixão de Alexandre Astier foi a música. Muito jovem, entra para o conservatório antes de continuar os estudos na American School of Modern Music em Paris. Após ter composto músicas para curtas-metragens, se lança na direção do seu próprio curta, “Dies iræ”, que ganha o prêmio do público 2003 do Festival Off-Courts.
Ele cria a série “Kaamelott”, que o tornou conhecido do grande público. É, ao mesmo tempo, diretor, roteirista e ator dessa ficção que encena a lenda dos cavaleiros da Távola Redonda. Interpreta o primeiro papel no cinema em 2006 no filme “Como Você está Linda!”, ao lado de Michèle Laroque. Em seguida tem um papel no live action francês “Asterix nos Jogos Olímpicos”, e depois atua em várias comédias. Em 2012, Alexandre Astier realiza seu primeiro longa-metragem no cinema: “David et Madame Hansen”. Como de hábito, Alexandre está em todas as frentes, já que escreve, produz, dirige, monta e compõe as músicas do filme. No Natal de 2014, lança “Asterix e o Domínio dos Deuses”, nono filme de animação do famoso pequeno gaulês.

ASTERIX E O SEGREDO DA POÇÃO MÁGICA
Astérix - Le Secret de la Potion Magique
De Louis Clichy e Alexandre Astier
Com Sandrine Kiberlain, Thaïs Alessandrin, Victor Belmondo
2018 – Animação – 1h25
Distribuição no Brasil: Bonfilm
Classificação indicativa: Livre
Sinopse: Asterix e Obelix precisam ajudar o velho druida Panoramix a encontrar um novo guardião para a poção mágica da Gália. Durante a viagem pela região, eles devem impedir que a receita mágica caia em mãos erradas, dando início a uma inesperada aventura.


Fonte: Agência Febre / Imagem e Vídeo Divulgação


  + Agenda

O que abre e o que fecha no feriado de Carnaval em São José dos Campos
Museu Municipal de São José dos Campos inscreve para Curso de História da Fotografia
Em exposição de carros esportivos, São José dos Campos recebe réplica da Ferrari da Fórmula 1



E-MAILS DO PORTAL SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Anúncios/Cadastros/Contato/Cartas: cidade@saojosedoscampos.com.br
Editorial: imprensa@saojosedoscampos.com.br
Criação/Arte: agencia@mrpropaganda.com.br

Av. Dr. Mário Galvão, 78 - Centro - São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3923.4600 | Whatsapp: (12) 99713-7333 ou 99712-8419







+ Arquitetura & Decoração
Arquitetura além da visão: uma reflexão sobre a iluminação nos ambientes empresariais. Por Fabio Rocha
+ Dicas do Portal
Imagem Participe dos Grupos Amigos da Região!
+ Espaço do Consumidor
Imagem Locador de imóvel reclama a imobiliária de São José dos Campos o pagamento do IPTU atrasado
+ História
Imagem O rico patrimônio arquitetônico de São José dos Campos
+ Imigração Libanesa
Imagem Imigrante Melhem Elkhouri chegou a São José dos Campos em 1949
+ Matérias
Imagem Obra sobre a arquitetura moderna joseense comemora 20 anos. Veja fotos antigas da cidade
+ Museu do Comércio e Indústria
Imagem Abertura do Memorial Kanebo do Brasil emociona ex-funcionários
+ Na Social
Imagem Cinencontro, um novo projeto do grupo CineArt & Wine
+ São José Solidária
Imagem Cruzada Assistencial Padre João Guimarães
+ Seção Saúde
Imagem CROSP: Os perigos do álcool para a saúde bucal

 
Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2005 - Todos os direitos reservados