Panorâmica São José dos Campos FaceBook do POrtal São José Twitter do Portal São José
Home | Cadastre sua Empresa | Acessos | Créditos                               Segunda, 29 de Novembro de 2021
Acesso à página principal
Logotipo Portal São José



Criação e
Desenvolvimento



Tel. 12 3923.4600
Av. Dr. Mário
Galvão, 78
Centro - SJC/SP
12209-004
BUSCA DE EMPRESAS NO PORTAL >>
Acesse também: Jacareí
O conteúdo publicado não expressa necessariamente a opinião do Portal e é de total responsabilidade do autor.



Prefeitura de São José inicia pesquisa para controle biológico de carrapatos

( Caderno: Matérias )


Funcionário realiza a aplicação do biocarrapaticida
no Parque da Cidade Roberto Burle Marx

A Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade, e o Instituto Biológico de São Paulo, estão realizando um experimento no Parque da Cidade Roberto Burle Marx para controle de carrapatos, fazendo uso de um carrapaticida biológico que não afeta a biodiversidade do Parque.

O Instituto, ligado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, é especializado em controle biológico de pragas. Um grupo de pesquisadores desenvolveu esse biocarrapaticida à base de fungos que agem contra o Amblyomma sculptum (carrapato estrela). O produto está em fase de testes para obtenção da certificação, o que oportunizou esta parceria com o município, por meio da formalização de um Termo de Cooperação, colocando o Parque da Cidade como uma das áreas para validação da eficácia do produto.

Publicidade

Uma equipe da Secretaria de Manutenção da Cidade fica responsável pela aplicação mensal do produto, sob supervisão da Seurbs. O primeiro ciclo de aplicações teve início em outubro, aproveitando o período chuvoso, sempre em dias com alta umidade, necessária para assegurar sobrevivência dos fungos no momento da aplicação e no ambiente.

As aplicações são sempre precedidas da instalação de armadilhas para coleta de carrapatos e monitoramento da infestação realizada por técnicos da Seurbs. A última aplicação ocorreu nos dias 18 e 19 de novembro.

As primeiras amostras coletas já demonstram o ataque dos fungos aos carrapatos adultos, tornando-os lentos e causando a morte deles.

Conforme explicou o médico veterinário Paulo Sampaio, do Laboratório de Parasitologia Animal do Instituto Biológico, o novo produto é resultado de um projeto de pesquisa de mestrado que vem sendo desenvolvido há cerca de 3 anos. “Esses fungos entomopatogênicos já são amplamente usados na agricultura, principalmente na agricultura orgânica por oferecerem maior segurança ao meio ambiente, sem gerar resíduos. É uma tecnologia que estamos trazendo para a área animal e de saúde pública”, afirmou.

O produto também já está sendo aplicado experimentalmente em Salto (SP), sendo que a inicial foi desenvolvida no Centro Avançado de Pesquisa em Proteção de Plantas e Saúde Animal do Instituto Biológico, em Campinas, e no Campus Fernando Costa da Universidade de São Paulo, em Pirassununga.

Análise de Campo

Para estabelecer um plano de aplicação do biocarrapaticida, foram realizadas visitas técnicas de reconhecimento do local e coleta de amostras no Parque da Cidade. Foram utilizadas 40 armadilhas com gelo seco que libera CO2 (gás carbônico) e atrai os carrapatos. As amostras seguiram para contagem e análise no Instituto Biológico.

O trabalho de zeladoria do Parque inclui serviços de limpeza e roçada realizados diariamente, mantendo a grama sempre aparada.

O pesquisador elogiou o manejo e cuidados que estão sendo tomados pela Prefeitura para prevenir a proliferação de carrapatos.

“Um dos principais elementos para combater os carrapatos é eliminar os abrigos deles. Com a grama aparada eles ficam mais expostos a predadores naturais com aves, por exemplo, e também à ação do Sol. Tendo em vista que o controle de carrapatos faz parte de um conjunto de medidas para o manejo integrado da praga, vale ressaltar que a Prefeitura está fazendo uma boa parte com estes cuidados”, afirmou Paulo.

Área Natural

O Parque da Cidade Roberto Burle Marx compreende uma área natural próxima às margens do rio Paraíba do Sul, habitada ou visitada por diversas espécies de animais silvestres e propícia à ocorrência de parasitas, como os carrapatos. O carrapato-estrela pode transmitir doenças como a febre maculosa.

Além dos cuidados de manutenção, a Prefeitura realiza um trabalho de conscientização com folhetos explicativos e placas de sinalização nas proximidades dos lagos, com orientações simples como evitar sentar diretamente no gramado do Parque, utilizar roupas claras, meias e calçados fechados e verificar as roupas e o corpo a cada três horas.


Fonte: Prefeitura de São José dos Campos / Foto Divulgação


  + Matérias

São José vai ganhar Parque Natural do Cerrado na região sul



E-MAILS DO PORTAL SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Anúncios/Cadastros/Contato/Cartas: cidade@saojosedoscampos.com.br
Editorial: imprensa@saojosedoscampos.com.br
Criação/Arte: agencia@mrpropaganda.com.br

Av. Dr. Mário Galvão, 78 - Centro - São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3923.4600 | Whatsapp: (12) 99713-7333 ou 99712-8419









+ Dicas do Portal
Imagem Aula Experimental de Francês Aliança Francesa - Dia 2 de dezembro!
+ Espaço do Consumidor
Imagem Hyundai e Caoa São José dos Campos responde reclamação de cliente
+ História
Imagem O rico patrimônio arquitetônico de São José dos Campos
+ Matérias
Imagem São José vai ganhar Parque Natural do Cerrado na região sul
+ Museu do Comércio e Indústria
Imagem Alpargatas
+ Poesia da Arte
Imagem Por Sonia Furquim

 
Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2005 - Todos os direitos reservados
Fale com a gente!