Panorâmica São José dos Campos FaceBook do POrtal São José Twitter do Portal São José
Home | Cadastre sua Empresa | Acessos | Créditos                               Segunda, 24 de Junho de 2019
Acesso à página principal
Logotipo Portal São José



  • Envie uma mensagem para Marcia Pavarini...
  • Outras matérias já publicadas...


    Mallorca – A Ilha da Luz - Textos e fotos Marcia Pavarini
    Postado em 20/09/2006

    Veja toda a galeria de fotos no final da matéria!

    Linda, divina e maravilhosa, a Ilha de  Mallorca é a maior  do arquipélago das Baleares espanholas. Sua capital Palma de Mallorca, é um dos centros turísticos mais importantes da Europa. O azul intenso das águas, a areia dourada, suas belas enseadas, a agitada vida noturna e sua gastronomia peculiar, justificam o título de Ilha  mais bela da Espanha.


    Conhecida também como a ILHA DA LUZ, Mallorca pode ser, tanto um refúgio de paz e descontração, como um paraíso de lazer, turismo e diversão, com uma infra-estrura à altura dos turistas mais exigentes.


    A Avenida “Paseo Marítimo” que margeia a orla marítma de Palma por uns cinco quilômetros, é símbolo de glamour e de charme pela panorâmica vista da baía, que abriga  Marinas salpicadas de veleiros e luxuosos iates.

    Palma de Mallorca é uma cidade de surpreendente riqueza cultural e arquitetônica com suntuosas igrejas góticas, palácios  barrocos e a centenária “citadela” com construções históricas.

    O monumento mais espectacular de Palma é, sem dúvida, a catedral gótica (La Seu), construída em calcário dourado, junto ao mar, em 1380 e  completada em 1587 e representa, hoje, um verdadeiro cartão postal da ilha.

     

    Visitantes de todos os cantos percorrem seus incontáveis bares, restaurantes, discotecas e lojas de artesanato. Entre os “souvenirs” mais cobiçados estão as jóias e bijouterias com pérolas “MAJÓRICAS”, cuja fama já atravessou fronteiras.

    Longe da Capital ficam as pequenas vilas em estilo mediterrâneo e as pequeninas praias, quase particulares, chamadas de “CALAS”, onde o “top less” é tolerado.



    Para se chegar à essa paradisíaca praia é necessário atravessar esse túnel de pedra

    As enseadas e praias rivalizam os seus encantos com as férteis planícies centrais e com os espectaculares e quase alpinos cumes da Serra de Tramuntana, que dominam uma região de bosques de pinheiros, olivais e pequenas aldeias.

     

    Quem viaja até Mallorca em busca de algo mais do que o sol e as praias ou a animada vida noturna poderá, ainda, explorar as atraentes vilas de Pollença, Valdemossa repletas de bares pitorescos; ou se encantar com a deslumbrante Torrente de Pareis, onde a paradisíaca praia fica escondida atrás de um túnel de pedra.Poderá, também, arrepiar-se com a beleza dos penhascos de Cabo Formentor ou desfrutar da tranquilidade da aldeia de Deià, aninhada sob as montanhas num cenário idílico, que vêm atraíndo artistas e escritores internacionais.


    Mirador do Cabo Formentor


    Nada se compara à magnífica vista do mirador do Cabo Formentor

    Assim como em qualquer canto da Espanha existem também em Mallorca as “Plazas de Toro”, que são coliseus mallorquinos semelhantes a um estádio, com arquitetura em estilo mourisco, onde acontecem as “CORRIDAS DE TOROS” ,ou touradas, durante a temporada de espetáculos,que vai de maio a setembro.

    O POVO CLAMA PELA MORTE DO TOURO MAS, NO FUNDO, TORCEM POR ELE.


    Em cada tourada, o touro é provocado pelo “matador”, espetado pelos “picadores” e, ao final, quando já está cambaleante,  deve ser sacrificado pelo toureiro com uma enorme espada enterrada no lombo, a qual deve atingir diretamente o coração,( se o toureiro for experiente, acerta  o ponto correto na primeira tentativa, caso contrário, fica tentando em diversas investidas)  isso tudo sob a ovação frenética da platéia.

    O prêmio é de acordo com a performance do toureiro. Ele poderá ganhar apenas flôres,  uma ou as duas orelhas do touro e, se der um show na arena, ainda ganha a cauda, mas, se cometer erros na hora de sacrificar o pobre animal, será impiedosamente vaiado em uníssono couro: “assassino, assassino, assassino”...

    SÓ HÁ UMA CERTEZA: O TOURO JAMAIS SAIRÁ DA ARENA VIVO,
    AINDA QUE O TOUREIRO SEJA MORTO ANTES DE MATÁ-LO

    Na Espanha, a tourada é considerada mais que um esporte. Trata-se de uma tradição enraizada na cultura, na arte e na identidade do país.

    Fui assistir a uma tourada na pequena cidade de Felanitx, que fica a 30 quilômetros da capital Palma de Mallorca. Seis touros foram apresentados.  Um deles, derrubou o toureiro arrancando o seu pano com os chifres, mas nada de grave ocorreu com o “matador”, além de uma espetadinha no traseiro.



    O touro derrubara Verônica em uma das manobras


    Veja a seqüência das fotos: a espada encravada por Verônica no lombo
    do touro voa pelo ar após o saracoteio do animal.


    Eu e Verônica logo após sua performance na arena

    No intervalo, desci até a arena onde entrevistei a jovem toureira VERÔNICA RODRIGUEZ que acabava de se apresentar, enfrentando, com bravura, um touro de arrepiar os cabelos.

    Veja, a seguir, a transcrição, em português, da entrevista à Verônica Rodriguez:

    Marcia Pavarini: Verôncia, como surgiu a idéia de ser uma toureira?
    Verônica: Bem, meu pai foi montador de touros e eu cresci nesse meio.
    Marcia Pavarni: O que você sente quando está cara a cara com o touro?
    Verônica: Eu tento me concentrar ao máximo sem pensar em nada, apenas como dominar a situação.
    Marcia Pavarini: O que significam as vaias da platéia quando você está toureando?
    Verônica: As vaias significam que a minha performance não está de acordo com a espectativa da platéia. O público espanhol de touradas é muito exigente, assim como te ovacionam por uma boa manobra, te vaiam por uma pequena falha.
    Marcia Pavarini: Fora os touros,do que você tem mais medo?
    Verônica: De não tourear


    Ao sobrevoar a Ilha na viagem de volta senti, uma vez mais,  estar deixando para trás raízes do meu passado, já que, há mais de 20 anos, depois de ter viajado pelo mundo por 400 dias seguidos, parei em Mallorca, a ILHA DA LUZ para dar à luz a minha primeira filha.

    COMO CHEGAR EM MALLORCA> Voar para Madri ou Barcelona. De Madri saem vôos diários para Mallorca. De Barcelona, além dos vôos, partem os confortáveis Ferry Boats que chegam a Mallorca depois de 12 horas de navegação.

    Dica da autora: Dar uma esticada até a badalada Ilha IBIZA.

    NOTA DO AUTOR: Por respeito à identidade e à tradição do povo ibérico, abstenho-me de opiniões e julgamentos sobre os espetáculos de touradas e novilhadas levados a efeito nas “Plazas de Toro” em todo o país. Marcia Pavarini



  • Márcia Pavarini
    Ao longo de vários anos Márcia Pavarini percorreu o mundo viajando por todos os continentes e até aos Pólos. Foi anotando suas aventuras em diários que, hoje, perfazem aproximadamente 5.000 páginas. Ela esteve, até agora, em 240 países, de acordo com o critério de contagem da Travelers Century Club TCC. Na Coluna “Diário das 1001 Viagens” Márcia Pavarini divide com os internautas, do Portal, as experiências vivenciadas durante suas andanças.


    + Dicas do Portal
    Imagem Dica do Portal, O filme: MIB: Homens de Preto: Internacional!
    + Espaço do Consumidor
    Imagem Locador de imóvel reclama a imobiliária de São José dos Campos o pagamento do IPTU atrasado
    + História
    Imagem Hospital Antoninho da Rocha Marmo, de São José dos Campos, inaugura Memorial dedicado ao menino que idealizou a instituição
    + Imigração Libanesa
    Imagem Escola Estadual Dr. Maurício Anisse Cury, em São José dos Campos, homenageia seu patrono. Assista ao vídeo
    + Matérias
    Imagem Obra sobre a arquitetura moderna joseense comemora 20 anos. Veja fotos antigas da cidade
    + Museu do Comércio e Indústria
    Imagem Johnson & Johnson
    + São José Solidária
    Imagem CAV– Clube Amigo Vira-Lata
    + Turismo Diferente
    5 destinos que todo aventureiro merece conhecer

     
    Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2005 - Todos os direitos reservados