Panorâmica São José dos Campos FaceBook do POrtal São José Twitter do Portal São José
Home | Cadastre sua Empresa | Acessos | Créditos                               Quarta, 20 de Fevereiro de 2019
Acesso à página principal
Logotipo Portal São José



  • Envie uma mensagem para Marcia Pavarini...
  • Outras matérias já publicadas...


    Arquipélago de Anavilhanas - O Espírito da Floresta da Lenda
    Postado em 28/07/2015

    Texto e fotos
    Por Márcia Pavarini


    Não é difícil imaginar-se em meio à Floresta do AVATAR ao adentrar pelos igarapés do arquipélago de Anavilhanas, no Amazonas, um dos maiores arquipélagos fluviais do mundo.

    Nesse paraíso ecológico, é possível acariciar (ou mergulhar com) os Botos Cor-de-rosa, cruzar com bichos exóticos, (como a preguiça, sucuris, jacarés), e se deslumbrar com revoadas de araras, papagaios, tucanos e falcões.


    Não há como descrever a sensação de navegar em canoas de madeira e em embarcações regionais pelo mar de água doce do Rio Negro que transborda pelo labirinto das ilhas do maior arquipélago fluvial do mundo.


    Na época da seca, praias de areias brancas emergem no meio do rio Negro, contrastando com as suas águas de cor avermelhada, enquanto que, no período da cheia, a aventura fica por conta do passeio de canoa pela mata alagada.


    O Arquipélago de Anavilhanas, é uma Estação Ecológica que fica 240 Km a oeste de Manaus. Ele é formado por nada menos que 400 ilhas, cobertas por uma floresta densa, entrecortadas pelos igapós (mata alagada) e igarapés, (canais estreitos entre a mata cerrada e árvores frondosas) ricas em espécies vegetais, com uma flora característica do bioma Amazônia, formando ecossistemas fluviais e lacustres.


    A região é, ainda, habitat natural de mamíferos, como primatas, felinos e outras espécies como o tamanduá bandeira, o gato maracajá e o próprio peixe-boi-da Amazônia ameaçado de extinção.


    A cidade de Novo Airão, chamada de "parte terrestre do Arquipélago” é a cidade base para a visita à região. O Arquipélago é conhecido como paraíso ecológico, sendo responsável pela conservação de uma importante porção da Amazônia brasileira.

    O ponto alto da visita a Novo Airão, são os Botos Cor-de-rosa. A interação com esses graciosos golfinhos de água doce é na sede da Estação Ecológica, sob a supervisão dos tratadores e biólogos, mas eles estão por toda parte.

    Boto-vermelho ou Boto cor-de-rosa (Inia geoffrensis) é o maior golfinho de água doce do Planeta. Ele pode viver até 50 anos, mas as taxas reprodutivas baixas, o longo período de cuidado parental, aliada a ameaça sem trégua dos caçadores/pescadores ilegais, têm fragilizado a espécie.


    Mas a experiência não fica só por conta das belezas naturais, tem também a culinária da região, à base de peixes e pratos típicos do Norte e Nordeste, como o famoso “baião de dois” e outros quitutes muito bem preparados pelos locais. Vale a pena embarcar nessa “canoa”.

    Depois de alguns dias assimilando o espírito da Floresta, é quase impossível não sentir-se um personagem da ‎Tribo da Água - do ‎Reino da Terra -  da ‎Nação do Fogo – dos  ‎Nômades do Ar, na Lenda de James Cameron.

    Como chegar:

    De carro> Partindo de Manaus, atravessando pela ponte o Rio Negro, siga pela Rodovia Manuel Urbano (AM-070) em direção à Manacapuru. Acesso à direita no Km 8- para a Rodovia Samuel Benchimol (AM-352), seguindo em direção à Novo Airão, por mais 98 Km. Em média, completa-se o trajeto em 3 horas.

    De Barco> Há barcos regionais e lanchas rápidas que levam de 9 e 3 horas (respectivamente) até Novo Airão.




  • Márcia Pavarini
    Ao longo de vários anos Márcia Pavarini percorreu o mundo viajando por todos os continentes e até aos Pólos. Foi anotando suas aventuras em diários que, hoje, perfazem aproximadamente 5.000 páginas. Ela esteve, até agora, em 240 países, de acordo com o critério de contagem da Travelers Century Club TCC. Na Coluna “Diário das 1001 Viagens” Márcia Pavarini divide com os internautas, do Portal, as experiências vivenciadas durante suas andanças.


    + História
    Imagem Fotos eclipse. Por Hind Nader Elkhouri
    + Museu do Comércio e Indústria
    Imagem General Motors do Brasil em São José dos Campos
    + São José Solidária
    Imagem Associação de Apoio aos Fissurados Lábio-Palatais de São José dos Campos
    + Imigração Libanesa
    Imagem Imigrante Melhem Elkhouri chegou a São José dos Campos em 1949
    + Educação
    Abertas inscrições para bolsas PCI em áreas do INPE
    + Espaço do Consumidor
    Imagem Locador de imóvel reclama a imobiliária de São José dos Campos o pagamento do IPTU atrasado
    + Matérias
    Imagem Obra sobre a arquitetura moderna joseense comemora 20 anos. Veja fotos antigas da cidade
    + Turismo Diferente
    Imagem Portal São José no Sul - Parte 6: Caminho para Cânion Itaimbezinho em Cambará do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil
    + Class Arte & Cultura
    Imagem Silvia Regina: Artista Plástica



     
    Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2005 - Todos os direitos reservados