Vista do Villa Branca Website Portal Jacareí Fanpage Portal Jacareí
Home | Cadastre sua Empresa | Créditos                                                                              Quarta, 20 de Fevereiro de 2019
Logotipo Portal Jacareí
Acesso à página principal


Criação e
Desenvolvimento



Tel. 12 3923.4600
Av. Dr. Mário
Galvão, 78
Centro - SJC/SP
12209-004
BUSCA DE EMPRESAS NO PORTAL >>  
Acesse também: São José dos Campos
O conteúdo publicado não expressa necessariamente a opinião do Portal e é de total responsabilidade do autor.

Cálculos urinários (pedras nos rins): especialista explica as causas e dá dicas para a prevenção


18/01/2019 ( Caderno: Seção Saúde )

Tomar bastante água e manter uma alimentação saudável
são importantes para a prevenção de
cálculos nas vias urinárias

 

As chamadas pedras nos rins, ou cálculo renal, são bastante conhecidas do público geral. O que pouca gente sabe é que estas 'pedras' também podem surgir em outras regiões das vias urinárias, tais como bexiga ou uretra.
 
Segundo o Dr. Marcelo Lorenzi, do Centro Integrado de Urologia (CIU), estas massas duras formadas por minerais, especialmente o cálcio, são originadas a partir da cristalização de partículas. Isto acontece pelo aumento da concentração destes minerais, que estão presentes naturalmente na urina.

As causas, explica o médico urologista, podem ser diversas, desde a falta de ingestão adequada de líquidos, até inflamações, problemas na próstata ou na bexiga, utilização de cateter urinário, entre outros.
 
Prevenção e hereditariedade
 
O problema é muito frequente, comprometendo de 5% a 15% da população mundial, sendo mais prevalente entre 20 e 40 anos, três vezes mais comum nos indivíduos do sexo masculino.
 
Publicidade
 
A orientação do Dr. Marcelo para diminuir a chance de desenvolvimento de cálculos, ou para impedir o crescimento dos já existentes, é ingerir bastante líquidos, especialmente água e sucos naturais cítricos, e manter uma dieta balanceada.
 
"É também indicado restringir principalmente o sal e a proteína animal, e controlar doenças sistêmicas, que predispõem a doença, como obesidade e o diabetes. Tais cuidados devem ser ainda mais rígidos se alguém da família tiver histórico deste problema, pois uma característica genética pode facilitar o aparecimento em parentes próximos."
 
Principais sintomas
 
A maioria dos cálculos renais não apresentam sintomas e acabam sendo diagnosticados em exames de rotina, ou na investigação de outros problemas. No entanto, segundo o especialista, pode acontecer de um cálculo se deslocar e obstruir a passagem da urina do rim para a bexiga, levando à uma dilatação do rim obstruído e, consequentemente, acarretando em sintomas diversos.
 
"Neste caso, podem ocorrer o escurecimento da urina, ardor urinário, frequência urinária elevada e, principalmente, dor lombar intensa, tipo cólica, que pode ser acompanhada de náuseas e vômitos, levando ao atendimento de urgência", explica o Dr. Marcelo.
 
O especialista mais indicado para tratar o cálculo urinário é o médico urologista, que deve ser procurado o mais rápido possível, para que o problema seja solucionado.

No atendimento, após uma conversa inicial para conhecer os sintomas e o histórico do paciente, exames complementares, como exame de urina, ultrassonografia e, principalmente, a tomografia, poderão ser solicitados para confirmar a presença e a localização dos cálculos.

Somente após esta confirmação o médico poderá orientar o paciente sobre o tratamento mais indicado.

Tratamento

O tratamento depende do quadro clínico do paciente, da localização e do tamanho do cálculo. Podem ser indicados apenas um tratamento clínico medicamentoso, procedimentos extracorpóreos, com a finalidade de fragmentação e eliminação espontânea dos cálculos, ou cirurgias por endoscopia urinária, sendo estas mais frequentes em procedimentos de urgência.


Em casos de cólica renal devido à obstrução da passagem urinária, o tratamento consiste inicialmente em terapia clínica com analgésicos, anti-inflamatórios e dilatadores do canal urinário para estabilização do quadro clínico.

"Dependendo do caso, a cirurgia poderá ser indicada, habitualmente por endoscopia urinária, para fragmentação e remoção do cálculo ou seus fragmentos."

O especialista adverte que, durante a crise de cólica renal, está contraindicada a hidratação vigorosa, já que o aumento do volume urinário não auxiliará na eliminação do cálculo nestes casos. Esta medida está indicada como prevenção da formação de novas pedras.

  Seção Saúde



E-MAILS DO PORTAL JACAREÍ

Anúncios/Cadastros/Contato/Cartas: cidade@jacarei.com.br
Editorial: imprensa@jacarei.com.br
Criação/Arte: agencia@mrpropaganda.com.br

Av. Dr. Mário Galvão, 78 - Centro - São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3923.4600 | Whatsapp: (12) 99713-7333 ou 99712-8419






+ Espaço do Consumidor
Imagem Locador de imóvel reclama a imobiliária de São José dos Campos o pagamento do IPTU atrasado
+ Matérias
Imagem Senado aprova proibição de casamento de menores de 16 anos
+ Turismo Diferente
Imagem Flashes em Buenos Aires, Argentina. Fotos exclusivas do Portal São José dos Campos


 
Resolução mínima de 800x600 © Copyright 2005 - Todos os direitos reservados